Gabriel Alcântara – Sacrifício Vivo

3990

É tempo de reconstruir, tempo de voltar onde caí
E restaurar a comunhão contigo
Tempo de viver a fé que esqueci quando me permitir
Sonhar os sonhos que não eram os teus pra mim

Hoje eu me entrego, sou teu templo
Pra que tu possas habitar de novo
E me fazer viver de novo o meu primeiro amor por ti

Deus, poderoso Deus
Sopra sobre mim o espírito de vida e me traz de volta
Deus, poderoso Deus
Dessa vez de novo o sacrifício vivo em teu altar sou eu